Entenda como funciona o Google Fiber

O Google Fiber trás novos métodos de consumo de TV significam novos métodos de entrega de anúncios. Uma vez que as mudanças digitais e tecnológicas estão a todo vapor, vamos começar a ver novos experimentos para monetizar a nossa atenção. Aqui está um desses experimentos: Os comerciais exibidos a clientes de televisão do Google Fiber, em Kansas City, serão adaptados ao seu histórico de visualização.
“Os anúncios do Google Fiber serão entregues digitalmente em tempo real, e poderão ser combinados com base na geografia e tipo de programa que está sendo mostrado (por exemplo, esportes ou notícias)”, disse a equipe do Google Fiber em sua página de fórum do produto na última sexta-feira.
Esta é, naturalmente, a maneira como o Google faz seus rios de dinheiro. Os anúncios na internet já existiam antes do Google, mas a personalização de anúncios com base em termos de pesquisa, conteúdos de e-mail e outras atividades online permitiram cobrar mais por palavras-chave “competitivas”. Decifrar o código é o que permitiu ao Google se tornar a potência que ele é hoje, por isso, não é de se surpreender que a empresa esteja tentando estender esse modelo para a televisão.

O Google Fiber trás publicidade digital para televisão

E se você não se incomoda de os algoritmos do Google lerem o seu e-mail, provavelmente não se incomodará também de ele saber os programas de televisão que você assistiu. Quando você pensa nisso, vê que a publicidade televisiva é irremediavelmente ultrapassada: Os publicitários sabem informações gerais sobre quem assiste a um determinado canal ou programa em um determinado momento, mas eles não sabem especificamente quem você é, o que torna difícil segmentar anúncios.
E você o que acha desta nova maneira de anunciar do Google? Seria realmente o futuro da segmentação de anúncios? Dê sua opinião nos comentários.
Continue acompanhando o blog da Comunicas e fique por dentro de muitas outras novidades do mundo digital.

Comentários