Olhe para praticamente qualquer empresa de consumo que você vai perceber como as mudanças na tecnologia digital estão alterando fundamentalmente a forma como os consumidores se envolvem com elas antes, durante e depois de uma compra. Os consumidores de hoje esperam navegar, pesquisar, avaliar e apertar o botão “comprar” em seu próprio ritmo, e no momento e local através da plataforma de sua escolha. Os consumidores também continuam a se engajar com marcas online após a compra e compartilham experiências com o outro. Grande parte dessa jornada do consumidor está além do controle direto das empresas e organizações de marketing.

A boa notícia é que o marketing digital pode oferecer dados detalhados e análise do comportamento do consumidor, bem como resultados precisos sobre a eficácia de uma campanha de marketing, com um grau de detalhe e precisão que outros meios dificilmente conseguiriam. O desafio é que essas novas tecnologias e comportamentos dos consumidores estão aumentando as exigências para o que vai ter sucesso no mercado.

Construir poderosas experiências de consumo requer que as marcas operem fora de sua zona de conforto; por exemplo, elas devem trabalhar com tempos de ciclo mais curtos, com iterações mais rápidas e frequentes, e através de um ecossistema de fornecedores mais amplo do que o processo de agência de publicidade tradicional.

Além disso, os consumidores exigem cada vez mais mensagens de marketing e ofertas que são altamente personalizadas, relevantes e direcionadas. Errar o alvo é correr o risco de perdê-los para sempre. Quanto a isso, o marketing digital oferece recompensas maiores (em termos de maior engajamento e ROI) e maior risco (devido à complexidade de execução e a necessidade de mudanças de comportamento em toda a organização).

Neste ambiente, os empresários sabem que precisam de novas capacidades para ter sucesso. As empresas devem identificar que tipo de ferramenta de marketing precisam para fazer a sua estratégia alavancar.

Quatro modelos de Marketing Digital

Basicamente, existem quatro modelos de marketing digital igualmente bem-sucedidos: branding digital, experiência do usuário, geração de demanda e inovação de produtos. O foco de uma empresa que investe em marketing pode ter elementos de cada um, mas as probabilidades são de que um desses modelos represente a ferramenta de marketing certa para a empresa.

  • Branding digital: é na maioria das vezes empresas de produtos de consumo que se concentram na construção e renovação de branding e no mais profundo engajamento do consumidor.
  • Experiência do cliente: usam dados de clientes e insights para criar uma experiência superior da marca para seus clientes.
  • Geração de demanda: tem foco no aumento do tráfego online e conversão de um maior número de vendas possível em todos os canais de marketing, para maximizar a eficiência e aumentar o retorno sobre investimento.
  • Inovação de produto: é usar o marketing digital para identificar, desenvolver e lançar novos produtos e serviços digitais.

Mesmo com uma ferramenta e estratégia bem definidas, não há uma fórmula mágica para alcançar o sucesso online, e há muitos caminhos possíveis para chegar a ele. Mas é fundamental que as empresas que investem em marketing digital comecem a trabalhar nisso o mais rápido possível para manter o ritmo com a mudança de expectativas e comportamentos dos consumidores.

Continue acompanhando o blog da Comunicas e conheça mais estratégias, tendências e dicas sobre marketing digital para o seu negócio.

Comentários