Se você pretende vender qualquer coisa on-line, ter um plano de e-commerce é tão importante quanto um plano de negócios. Isso porque você está explorando um novo território, tomando decisões sobre tecnologia e marketing e estabelecendo um novo conjunto de relacionamento. E um plano bem pensado irá te ajudar muito nessas questões.

Seu plano de comércio eletrônico começa com os objetivos do site. Quem é o seu público-alvo? Do que ele precisa? Ele só está recebendo informações, ou pode comprar produtos em seu site? Essas questões devem ser respondidas no início, para determinar quanto tempo e dinheiro você vai precisar investir para manter sua presença on-line. Em segundo lugar, decida que produtos ou serviços você vai oferecer. Como você vai apresentá-los? Vai oferecer tanto de forma on-line quanto off-line? Como você vai lidar com o transporte e retornos?

Se você decidir vender on-line, você precisa de um componente de carrinho de compras, que é um meio de lidar com o processamento de cartão de crédito, e um processo de atendimento de pedidos organizado.

Finalmente, mesmo se você tiver um site incrível, não acredite que as pessoas vão encontrar você por conta própria. Se você quer desenvolver um fluxo consistente de tráfego para o seu site, é fundamental planejar, executar e manter uma estratégia de promoção em curso e multifacetada, que seja cuidadosamente orientada para o seu público-alvo.

Para ter um site de sucesso, todos os elementos devem funcionar perfeitamente. Claro, o conteúdo de alto nível é essencial, mas deve ser apresentado de um modo que seja fácil de entender, visualmente atraente, simples de navegar e que interesse o seu público-alvo.

Essas dicas simples são essenciais se você quer começar um negócio on-line. Lembre-se de subir cada degrau de uma vez, para não correr o risco de atropelar etapas e colocar tudo a perder.

 

 

 

Comentários