Há dois anos, a página de mensagens no Facebook tem alcançado 16% dos fãs de uma marca organicamente, de acordo com o Facebook. A partir de fevereiro deste ano, uma análise feita pela Ogilvy & Mather coloca esse número em 6%. “O alcance orgânico do conteúdo de marcas está destinado a chegar a zero”, diz a pesquisa. “É só uma questão de tempo.”

Uma teoria comum era de que o Facebook estava cortando o alcance orgânico, a fim de extrair mais dinheiro de anunciantes. Em um post de ​​seu próprio blog na última semana, o Facebook finalmente respondeu a esta crítica, negando que o declínio do alcance orgânico em seu site tem alguma coisa a ver com fazer dinheiro. Em vez disso, a empresa disse que é uma resposta natural à explosão de conteúdo que é publicado em sua rede.

“Em média, há 1.500 histórias que poderiam aparecer em Notícias de uma pessoa cada vez que ela entra no Facebook. Como resultado, a concorrência no Feed está crescendo, e está se tornando mais difícil para qualquer história ganhar exposição”, disse o post.

Para lidar com o ataque do conteúdo, o Facebook diz que atualiza o Feed de Notícias, de modo que ele só mostra o conteúdo que é mais relevante para os usuários. Segundo a rede social, o Facebook classifica as mais de 1.500 histórias das pessoas olhando para milhares de fatores relativos a cada uma. Trezentas ou menos das histórias mais relevantes são selecionadas e exibidas.

Faca de dois gumes

Enquanto o Facebook afirma que o declínio do orgânico não é motivado por um desejo de acumular o caixa, esse será, sem dúvida, o resultado final. Fãs da marca ainda são valiosos, depois de tudo. “Quando um anúncio tem contexto social – em outras palavras, quando uma pessoa vê o seu amigo dar um like – os mesmos ganham, em média, 50% a mais de visibilidade e elevam 35% as vendas online”, escreveu o Facebook. E agora, no entanto, as empresas terão que pagar para alcançar esses números.

Invista na mídia paga, já!

Como TV, pesquisa, jornais, rádio e praticamente todos os outros plataforma de marketing, o Facebook é muito mais eficaz quando as empresas usam as mídias pagas para ajudar a atender seus objetivos. A sua empresa não vai aparecer sempre na primeira página de um resultado de pesquisa a menos que você pague por isso. Da mesma forma, a mídia paga no Facebook permite às empresas atingirem um público maior de forma mais previsível, e com muito mais precisão do que o conteúdo orgânico.

 

Ciente de todas as vantagens que o Facebook colocou em suas mídias pagas, a sua marca, certamente, deve começar a investir nisso. A Comunicas pode desenvolver um planejamento de campanhas para a sua empresa abordando as melhores práticas na rede social e alcançando as pessoas certas, que serão seus futuros clientes. Comece já a pensar nessa possibilidade de aumentar a visibilidade do seu negócio no Facebook e conte conosco.

Comentários