O Facebook diminuiu ainda mais o alcance orgânico de páginas na rede social. Movimento que tem impacto direto em marcas, empresas e produtos que são divulgados por lá. Significa que o Facebook quer que as pessoas paguem para que suas páginas atinjam os seus clientes.

De acordo com o site Valleywag, o alcance orgânico atualmente é de 1% a 2% do total de seguidores que a página tem. O site alega fontes anônimas ligadas à rede social, mas o site Cnet também diz que o Facebook confirmou que agentes de marketing vão perceber uma redução no alcance orgânico de páginas as longo do tempo.

A mudança de algoritmo nos feeds de notícias fazem com que as marcas sejam forçadas a pagar mais impressões através de anúncios no site.

“Ao longo dos últimos meses, temos tido conversas com clientes sobre diminuir a distribuição orgânica no News Feed. Isto é principalmente devido a uma maior concorrência impulsionada”, um porta-voz do Facebook disse ao Cnet.

“O Facebook é um negócio”, disse o site Valleywag. “É fácil de esquecer. Não é uma instituição de caridade ou uma organização sem fins lucrativos, ou um projeto de arte. Portanto, muito do setor de tecnologia se baseia na crença de que o mito-renda é opcional, que, contanto que você faça alguma coisa bonita e bem quista, o sucesso de alguma forma chegará. Isso é uma farsa. O Facebook tem que ganhar dinheiro como as Nikes do mundo, as mesmas empresas que agora vão fazer um inferno quando a fonte de propaganda livre estiver seca.”

No final do ano passado, chegamos a comentar que a rede social enfraqueceu o alcance das páginas para vender mais publicidade. Na ocasião, relatamos que o Facebook reduziu para 3% o alcance orgânico para quem curtiu determinada página. O que deixava 97% das pessoas sem ver o conteúdo. Agora, 99% das pessoas ficam ser conferir o conteúdo publicado na página.

Fonte: baboo.com.br

Comentários