O Google se juntou à fila de empresas que tentam resolver o problema da sobrecarga de e-mail, mas o seu aplicativo Inbox, que vai sentar-se ao lado de seu serviço Gmail, promete revolucionar a organização na caixa de entrada.

Inaugurado na última semana, o Inbox é um aplicativo para Android e iPhone, com um convite para lançamento semelhante à estreia do Gmail, em 2004. Suas características incluem a capacidade de organizar e-mails semelhantes em “pacotes”, desde extratos bancários e compras online a reservas de viagens, reduzindo a desordem na caixa de entrada.

Funcionalidades organizadoras

O aplicativo também irá mostrar “destaques” de informações-chave das mensagens individuais, incluindo as horas de voo real e miniaturas de anexos de fotos. “Depois de anos de desenvolvimento, o Inbox foi trazido pelas mesmas pessoas que trouxeram o Gmail, mas não é Gmail: é um tipo completamente diferente, projetado para se concentrar no que realmente importa”, escreveu Sundar Pichai, vice-presidente sênior do Google Android, Chrome e apps, em um post de blog.

Pichai acrescentou que o Inbox é propositadamente diferente do Gmail, que tem seu próprio aplicativo móvel, e que recentemente passou 1 bilhão de instalações no Android. “O Gmail ainda está lá para baixar, mas o Inbox é algo novo”, explicou.

Isso não é estritamente preciso: o Google está fazendo as pessoas esperarem um pouco para ter o Inbox em seus celulares. Os primeiros convites já foram enviados, e a pessoa que recebe o convite é capaz de convidar seus amigos.

Concorrente

O Mailbox é um concorrente óbvio do Inbox. Esse app foi lançado em fevereiro de 2013 e foi comprado no mês seguinte pelo Dropbox, por US $ 100 milhões, segundo rumores.

E então, já testou o Inbox? O que achou? Conta pra gente.

Continue acompanhando o blog Comunicando e fique por dentro de todas as notícias sobre o mundo digital e marketing online.

Comentários