O Google lançou uma oferta de streaming de música no Brasil, e está cobrando praticamente o mesmo valor que os concorrentes, bem como oferecendo dois meses de uso gratuito do serviço, a fim de atrair usuários.

O plano de assinatura mensal para o Google Play All Access Music custa R$ 14,90, o mesmo valor cobrado por seus concorrentes Deezer, Rdio e Spotify. Além disso, uma oferta especial válida até 7 de janeiro vai dar um desconto de R$ 2 para os novos usuários, bem como 60 dias de uso a título gratuito.

A principal diferença entre o serviço do Google e seu principal concorrente Spotify é que o primeiro oferece a integração de vários recursos, como rádio streaming de acordo com o gosto musical e armazenamento em nuvem para até 20.000 faixas, além de acesso a eles por meio de até quatro dispositivos registrados.

Pagamento em real

As contas de serviços de streaming de música do Google são em real, e os pagamentos podem ser feitos com cartões brasileiros. Isso é algo que o Spotify lutou para conseguir desde o seu lançamento, em maio deste ano, já que a empresa só fez a transição do dólar para pagamentos em reais em agosto.

O diretor de parcerias musicais da Google Play, Ady Harley, disse ao jornal O Estado de São Paulo que se você não pode sequer cobrar em reais, você não é um produto para a população brasileira. Disse também que o Google Play é um serviço de “oferta imbatível” para as pessoas que costumavam pagar R$ 20 em um CD.

Em setembro, a empresa colocou seu serviço de música do Google Play disponível gratuitamente em um esquema de pré-lançamento limitado ao Galaxy S5 (incluindo as variantes Mini e Duos), Galaxy Tab S, Galaxy S4 e o futuro Galaxy Note 4, por um período de seis meses.

Comentários