Não é nenhuma surpresa que o marketing boca a boca é muito eficaz, mas quando as marcas combinam isso com o poder da mídia social, eles conseguem alcançar maior sucesso em suas campanhas, tudo ao mesmo tempo, gastando menos dinheiro.

Um estudo recente publicado no Journal of Consumer Research descobriu que as pessoas em mídias sociais frequentemente formam opiniões ou julgam produtos e serviços com base nas opiniões daqueles que seguem.

O mesmo estudo identifica dois tipos de estratégias que os comerciantes podem usar em 2015 para impulsionar suas marcas online com base no boca a boca:

Marketing influenciador: são as marcas ou pessoas parceiras que têm muitos seguidores em plataformas de mídia social;

Marketing advogado: são as marcas que aproveitam a ideias e poder de consumidores da empresa, funcionários e parceiros para se promover.

Ambos os tipos de marketing podem ajudar as marcas a lançar seus produtos, conduzir a notoriedade, construir relacionamentos e seguidores nas redes sociais, criar conteúdo e ter um apoio durante uma crise.

Embora os comerciantes já têm o foco em suas audiências de consumidores, funcionários e parceiros com os esforços de mídia social, há muitos blogueiros, fotógrafos e outras “estrelas” da mídia social que podem contribuir para campanhas.

Em quais mercados é possível trabalhar o marketing por influência?

O marketing por influência não é apenas popular no mercado de moda e beleza. Até mesmo a área da saúde, por exemplo, pode aproveitar disso, com depoimento de pacientes que gostaram de determinado tratamento. O mesmo acontece com todos os outros ramos. Esse tipo de estratégia pode ser aplicado em qualquer mercado, com um bom planejamento, claro.

Mas o que considerar em uma parceria?

Há muitas maneiras de criar relacionamento com influenciadores, como deixá-los criar publicações citando a sua marca, compartilhar publicações do influenciador em sua própria página, deixá-lo fazer um post em seus canais ou até mesmo participar de um webinar em conjunto, entre outras campanhas de marketing. O importante é ambas as partes serem claras sobre as expectativas e atribuição para o trabalho.

E então, já têm alguma experiência com o marketing por influência? Conte nos comentários!

Comentários