O snapchat está se transformando em praticamente um rolo compressor do vídeo mobile. A empresa de mídia social oferece mais de 7 bilhões de vídeos a cada dia, de acordo com pessoas informadas sobre o assunto. Com isso, o snapchat rivaliza com a quantidade de vídeos assistidos no Facebook, que tem 15 vezes mais usuários.

Com 1,55 bilhões de usuários, o Facebook teve mais de 8 bilhões de visualizações de vídeos por dia no fim de 2015 no desktop e dispositivos móveis. O snapchat também concorre com o YouTube em vídeo móvel.

O tráfego de vídeo do snapchat é alimentado por histórias, um recurso de aplicativo que permite que pessoas compartilhem vídeos de suas vidas que podem ser visualizados por 24 horas. Há uma pequena diferença entre os registros de vídeo no snapchat e Facebook: no snapchat os usuários têm que clicar em um vídeo para assisti-lo, enquanto no Facebook os vídeos são auto play no feed de notícias – ou seja, são reproduzidos automaticamente.

Essa “fortaleza” em vídeo móvel é uma boa notícia para as marcas investirem em publicidade no snapchat. Mas o modelo de negócios do snapchat depende em parte de grandes anunciantes que criam conteúdo de vídeo para sua seção de notícias chamada Discover, onde está a CNN, Cosmopolitan, ESPN e outros anunciantes com seus próprios canais.

Embora o snapchat não tenha confirmado oficialmente esses números, ele certamente ficará satisfeito com si mesmo. As visualizações de vídeo são alegadamente vistas como o ‘Santo Graal’ para serviços online como o YouTube, Facebook e Google.

Com um recente relatório afirmando que snapchat está trabalhando em tecnologia de publicidade para se tornar mais fácil para as marcas atenderem aos anúncios para o seu serviço, a notícia não poderia vir em melhor hora para a plataforma.

E você, vê possibilidades de trabalhar a sua marca no snapchat? Deixe um comentário!

Comentários