Um estudo recente mostrou que quase 50% dos consumidores pensam que seus clientes não dão pistas sobre como alcançá-los. Outro estudo revelou que apenas um em cada três clientes acredita que suas marcas favoritas realmente o entendem.

Mas, a solução para este problema pode ser nada mais, nada menos do que a inteligência emocional: que é ser real, autêntico e intuitivo. A inteligência emocional ajuda a gerir um negócio mais rentável. E é hora de as empresas de marketing começarem a implementar essas habilidades em suas estratégias.

A implantação de Inteligência Emocional em seu marketing digital é muito mais intuitiva do que você pensa. É simples, e na maioria das vezes, se resume ao senso comum. Aqui estão algumas dicas de como implementar esta tática:

1. Ouça atentamente

Antes de investir em mídia digital, use qualquer ferramenta de monitoramento, como oHootsuite, para entender pelo que o seu público está apaixonado. Ao entender isso, você pode formular sua estratégia para melhor praticar as etapas abaixo.

2. Defina seu valor

Encontre maneiras de agregar valor ao invés de simplesmente empurrar sua própria propaganda. Agregar valor é encontrar formas de promover e melhorar a vida dos clientes que você gostaria de ganhar e manter. Claro, você pode argumentar que este é o objetivo final de seu produto ou serviço, mas antes de alguém querer comprar de você, essa pessoa primeiro precisa entender quem você é, o que você representa e por que deve investir na sua marca.

3. Pratique a atração

Concentre-se no desejo e nas leis da atração para chamar a sua audiência em vez de tentar interrompê-la e distraí-la. Ninguém gosta de ser “vendido”, mas todo mundo gosta de comprar. Pense além das características e benefícios que você está vendendo. O que a sua empresa e marca representam? Como você ajuda a tornar o mundo um lugar melhor?

4. Respeite o relacionamento

Equilibre os objetivos de conscientização com riscos de aborrecimento. Pense como em um relacionamento. Só porque alguém saiu com você, não significa que essa pessoa queira casar com você. Ninguém gosta de ser perseguido. Respeite o fato de que nem todo mundo para quem você quer vender quer comprar de você agora.

Gostou das dicas? Comente sobre como você trabalha a inteligência emocional da sua marca.

Comentários